terça-feira, 20 de janeiro de 2015

HISTÓRIA - MANUSCRITO 512

Muitos foram os exploradores que nos séculos passados procuraram pelas misteriosas cidades perdidas do Brasil. Movidos pelo mito e pela cobiça de encontrar riquezas tão afortunadas, aventureiros de todas as partes do mundo  percorreram os sertões do país em busca dos vestígios de uma antiquíssima civilização.  


Expedicionários como o afamado Coronel Percy Fawcet, foram inspirados pelos relatos contidos no Manuscrito 512 guardado pela Biblioteca Nacional. Trata-se de um documento datado do período colonial que contém uma narrativa  de um grupo de bandeirantes que descobrira uma cidade perdida no interior da Bahia. O misterioso documento, esteve esquecido por muito tempo, até ser descoberto em 1839 nos arquivos da Biblioteca do Rio do Janeiro, tendo sido então publicado pela Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Brasil. 


Com o subtítulo "Relação histórica de uma occulta e grande povoação antiquissima sem moradores, que se descobriu no anno de 1753", o manuscrito contém detalhes interessantíssimos sobre a descoberta de ruínas de pedra e de misteriosas inscrições, porém não é preciso quanto a localização da suposta cidade.

Acesse a cópia para leitura e download do Manuscrito 512 contida na Revista do  Instituto Histórico e Geográfico do Brasil (Tomo I, 1839, p. 150):        
http://pt.slideshare.net/manoaexpedicoes/manuscrito-512
Página Seguinte » « Página Anterior Página inicial

0 comentários: