domingo, 27 de outubro de 2013

Sambaqui

Os sambaquis em Balneário Piçarras

    No município de Balneário Piçarras, litoral norte de Santa Catarina restam poucos vestígios  da cultura dos povos do Sambaqui que viveram na região em épocas remotas. Alguns desapareceram por completo e nem chegaram a ser catalogados. No livro Panorama Arqueológico de Santa Catarina organizado por Deisi Scunderlick E. de Farias e Andreas Kneir, encontramos referência a um sítio catalogado  denominado Santo Antônio que teria sido encoberto por Lagoas da piscicultura. Visitando a localidade de Santo Antônio e coletando alguns depoimentos descobrimos que deveriam existir vários sambaqui na região que acabaram sendo destruídos quase por completo. Moradores locais relatam que na Rua Sambaqui, onde está localizada o campus da Universidade  Do Vale do Itajái - UNIVALI,  teriam existido vários monte de conchas que foram retirados durante a construção do prédio que hoje abriga a universidade. Também nas proximidades do campus encontram-se alguns vestígios de conchas soltas na terra preta próximo ao Rio Piçarras que podem fazer parte de um sambaqui fluvial. Ainda no bairro Santo Antônio foi descoberto recentemente várias camadas de conchas que foram reviradas por uma máquina durante a limpeza de um terreno. As conchas foram misturadas com cascalho de construções antigas e estão espalhadas por quase todo o terreno. Observamos algumas camadas bem agrupadas constituídas de ostras, cascas de moluscos e terra preta arenosa.


 Texto e fotos: Wlademir vieira



sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Novos Associados




          No Dia 20 de Outubro de 2013, em assembleia mensal do Instituto Manoa, fora admitida mais um associado, que estará contribuindo com as pesquisas do instituto, a partir de Novembro de 2013.

         O Instituto Manoa, por intermédio de seus associados parabeniza a admissão da nova Associada a Cientista Social Thaise Toresan que Possui graduação superior de tecnologia em gestão ambiental, pelo SENAI/SC e graduada em Ciências Sociais pela FURB – Universidade Regional de Blumenau.

           Aproveitando a ocasião também apresentamos a todo público interessado, a admissão da Pesquisadora Msc. Carolina Francisca Marchiori Luz, mestre em Preservação de Patrimônio Cultural, MP/IPHAN e Graduada em História pela FURB – Universidade Regional de Blumenau, que ocorreu no inicio desta ano.

           Vimos através deste, comunicar a toda comunidade interessada, amigos, patrocinadores e apoiadores, sobre a admissão das novas pesquisadoras e aproveitamos também para dar as boas vindas ao corpo técnico da MANOA EXPEDIÇÕES – Instituto Manoa.    
           

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Página Seguinte » « Página Anterior Página inicial