quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Expedição no 03/2013



Expedição no 03/2013
1- Realizar a Travessia Serra do Araçatuba (Papanduva) –  Serra do Quiriri (Monte Crista)
2- Captar imagens para o Projeto “Caminhos Antigos de Santa Catarina”
RESPONSÁVEIS:
Fotografias e imagens: Jonathas / Wlademir
Navegação GPS: André/ Tiago
Translado: Indioê / Romão
PARADAS
REGIÃO
Acampamento 01
Entre o Papanduva e o Baleia
Acampamento 02
Comfloresta
Acampamento 03
Marco do Contestado
DATA/HORA DA PARTIDA (saída de Blumenau) – 26/07/2013 as 4:00 hrs
DATA/HORA DA CHEGADA NA BASE PAPANDUVA – 26/07/2013 as 09:30 hrs

A travessia Araçatuba - Monte Crista, inicia no bairro do Matulão em Tijucas do Sul – Paraná e acaba no Monte Crista, passando Garuva em Santa Catarina, fazendo uma ligação entre a Serra do Araçatuba e a Serra do Quiriri, fantástico bioma de campos de altitude no Brasil.
O objetivo do Instituto nessa travessia foi a captação de imagens na Serra do Araçatuba/PR e Serra do Quiriri/SC. Para contribuir com o Projeto - Caminhos Antigos de Santa Catarina e, parceria com a empresa Pacto Video Ltda.
Optamos pelo inverno que apesar da massa de ar polar rigorosa que estava atuando nessa semana no estado, iria nos propiciar um tempo firme, com boas condições de sol e tempo seco. E foi exatamente com esse tempo favorável que fomos presenteados. Noites de céu aberto, e dias de sol. Temperaturas mínimas de 7º graus na madrugada e máximas de 15ºC durante o dia. Mas com o vento, acreditamos que a sensação térmica estava beirando os 0º graus em algumas noites. 

DATA/HORA DO INÍCIO DA SAÍDA PARA O CRISTA – 26/07/2013 as 10:00h
DATA/HORA DA CHEGADA NO ACAPAMENTO 01 – 26/07/2013 as 18:30h
TOTAL: 08:30 HORAS

Iniciamos a subida no Morro Papanduva (1.673m) no município de Tijucas do Sul/PR, já em altitude de 912m, localidade/bairro Matulão. Em poucos minutos de tempo limpo, sem nevoeiro, do topo deste morro foi possível avistar a baía de Guaratuba, represa Vossoroca e parte do litoral catarinense.
Descendo o Papanduva onde tivemos dificuldade de passar pelo vale do rio Pinhal que separa a serra do Araçatuba do Baleia passamos pelo Morro da Baleia e em seguida o Moréia.   Quando chegar no vale do rio Pinhal (taquaras) que antecedem o Baleia, o GPS costuma perder sinal, onde a solução encontrada foi abrir uma picada no meio de taquaras para depois encontrar a trilha no outro lado encontrando o morro do Baleia. Depois de subir o Baleia em alguns pontos o GPS perdeu o sinal novamente, onde o caminho segue rumo a um riozinho que provavelmente faz parte do Rio Pinhal começando a subir em direção ao Moréia. O capim bem alto nessa região e em muitos pontos sem a presença de nenhuma trilha o trajeto se torna bem pesado e cansativo. 

DATA/HORA SAÍDA ACAMPAMENTO 01 – 27/07/2013 as 07:30hrs
DATA/HORA DA CHEGADA ACAMPAMENTO 02 – 27/07/2013 as 18:30hrs
TOTAL DE HORAS: 11 HORAS






Marco da Divisa

A parte do “Inferno Verde” realmente provou a sua fama, praticamente um dia andando em ruas e trilhas que mais pareciam labirintos, idas e vindas até conseguir traçar a melhor rota para iniciar a subida a Serra do Quiriri, chegamos a conclusão que a melhor opção no momento é ao descer a Serra já tentar seguir a estrada principal que os caminhões que puxam pinnus usam e seguir por ela, e, já em sua maior altitude pegar uma ruazinha secundária que leva ao ponto mais alto das plantações de pinnus. A partir daí tendo um trajeto ou tendo o ponto do Marco do Contestado, já dá para se virar (sinal do GPS caiu em alguns pontos). Chegamos no Marco do Contestado por volta das 16:50 hrs, para três horas depois acamparmos (Acampamento 2) perto da nascente do Rio Negro, bem exaustos.
Desviamos a trilha que leva ao Morro da Tartaruga (1385 metros), assim como a trilha que leva ao cume do Morro da Antena, próximo a fazenda, optamos por pegar autorização dos particulares e atravessar a propriedade, evitando assim a desgastante subida do morro da antena, que foi margeada pelo lado da Sede da Fazenda Alto Quiriri, de propriedade da empresa Ciser Parafusos, de Joinville/SC. 

DATA/HORA SAÍDA ACAMPAMENTO 02 – 28/07/2013 as 07:30h
DATA/HORA DA CHEGADA ACAMPAMENTO 03 – 28/07/2013 as 19:30h
TOTAL: 12 HORAS

Pedra do Lagarto (Pico da Igreja dos Jesuítas)
Chegamos na Pedra do Lagarto Por volta da 13:00 fizemos algumas filmagens e fotos e rumamos para o Monte Crista numa bela caminhada apesar de cansados em uma bonita tarde de segunda feira, livre de toda a rotina apesar de cansados. Um pouco antes de chegarmos na clareira, anoiteceu, onde tivemos que completar a travessia, no seu trecho final no escuro.
Sempre lembrar de traçar algumas rotas de fuga, pois caso o tempo feche, com nevoeiro forte ou chuva, acreditamos que mesmo os montanhistas mais experientes acompanhados de GPS e demais aparelhos podem não conseguir concluir a travessia. Não aconselhamos pessoas inexperientes em caminhadas em montanha e no mato fechado, pois podem se perder facilmente em razão de muitos trechos não haver trilhas e o tempo facilmente fecha e não tem como enxergar muita coisa.

DATA/HORA SAÍDA ACAMPAMENTO 03 – 29/07/2013 as 06:50h
DATA/HORA DA CHEGADA NO SR. HARI  – 29/07/2013 as 20:40h          
TOTAL: 13:50 HORAS

 

Página Seguinte » « Página Anterior Página inicial

0 comentários: