sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Desmatamento ameaça Sítios arqueológicos pré-colombianos

A ação desenfreada de fazendeiros, garimpeiros e caçadores de tesouros, vem contribuindo para a depredação de uma das regiões arqueológicas mais ricas do norte do Brasil. A imensa área localizada no município de alta Floresta d´Oeste, estado de Rondônia, guarda importantes vestígios pré-colombianos como afirma o pesquisador especialista em Georreferenciamento Joaquim Cunha da Silva que estuda a região há mais de 30 anos. Segundo ele já foram encontrados no sítio vários achados arqueológicos como cerâmicas, estatuetas, oficinas líticas, além de uma série de geóglifos que foram indentificados pelo pesquisador. O interessante é que segundo esse estudioso, alguns desses geóglifos identificados são resistentes ao fogo com contorno caminho de Peabiru. A região do vale do rio guaporé tem sido explorada desde o século XVI pelos conquistadores espanhóis que buscavam no local a suposta localização da lendária cidade do Eldorado, um reino denominado Grão Paititi que seria um poderoso estado pré-colombiano situado em algum ponto da amazônia. Segundo o pesquisador as indicações do antigo mapa de Paititi conservado no museu Eclesiástico de Cusco apontam muitas coincidências geográficas com a região de Alta Floresta extremamente ameaçada pelo avanço das lavouras. Para mais informações visite a página eletrônica do pesquisador Joaquim Cunha da Silva- www.eldorado-paititi.blogspot.com




Fotos: Mapa do Paititi, Oficinas Líticas, Geóglifo com contorno Caminho de Peabiru, Geóglifo a Baleia e o Gato, esmeraldas-fonte Joaquim Cunha da Silva.
Página Seguinte » « Página Anterior Página inicial

0 comentários: